Publicado por: - TCZ - | domingo, 12 novembro 2006

[!Special guest!] Meu Chocolate

[#0 : ouvindo Pegasus Fantasy, na versão do Highlord. Uma banda desconhecida de Melódico Italiana que curte tocar músicas de anime e por como faixa bonus nos cds… vai entender! Ficou legal.
Bem leitores, por mais incrível que pareça, depois do motim teve gente que se interessou em escrever para essa bagaça. E eu lógicamente cedi o espaço. Primeiro por não ter pensado em nada melhor, segundo porque gostei do post. Leiam e comentem.]

 

* * *


 

Bom, já que o # 0 sempre começa postando pelas músicas que ele ouve na hora vamos tentar estabelecer um padrão/plágio não autorizado

 

[ ouvindo : The Ghost Of Tom Joad ? Rage Against the Machine]

Olá, como vão todos os 17 leitores? Bom, esta é a primeira tentativa de tentar um post decente por minha parte e de , talvez, ajudar o # 0 a atualizar isso aqui mais freqüentemente. Vamos ver como vai ser…

 

 

 

Bom, dadas as explicações, vamos começar com a reflexão da semana?

 

Pode parecer besteira (muita besteira, talvez) mas tudo começou quando minha mãe comprou um caixa de bombons. Eu resolvi comer unzinho e, logo depois da primeira mordida, parei pra olhar o bombom.

 

Logicamente, quando você come metade do bombom só sobra a outra metade e quanto mais você come menos bombom sobra… é uma pena, eu gosto tanto de chocolate e quanto mais eu aproveito o chocolate menos chocolate eu tenho.

 

 

desceu uma inspiração divina sabe-se lá de onde, o chocolate, ou melhor, qualquer comida gostosa, deve ser a coisa que mais se assemelha à vida… calma que eu já explico.

 

Muita gente passa a vida inteira sem “aproveitar o chocolate”, no fim elas duraram mais tempo mas amargaram, estragaram da mesma forma do chocolate se não for comido por muito tempo. Provavelmente elas mesmas percebem que poderiam ter aproveitado mais mas que, agora, já é tarde.

 

Por outro lado, existem as pessoas que simplesmente ?devoram? o chocolate problemático. Engolem tudo de uma vez. Essas aproveitam o chocolate mas de uma forma tão extrema que a felicidade acaba rápido, então elas comem outro, e outro, e outro… felicidade rápida, barata e instantânea, não satisfaz no momento e acelera o fim. Em compensação, no breve fim, essas pessoas têm mais experiências, nem todas boas, mas têm!

 

Sim, eu sei que talvez seja extremamente existencialista de minha parte, não espero que todos compreendam, apenas que reflitam. Então… como vocês têm comido seus chocolates?

 

 

 

Então, realmente “É melhor queimar do que apagar aos poucos”? (A frase, pra quem não conhece, é do Kurt Cobain)

 

Acho que saiu um pouco mais dramático do que o esperado, hehehehehe.

 

Da próxima vez (se realmente houver uma, vamos ver a reação dos leitores do blog e do Agamenom primeiro) tento fazer alguma coisa mais leve.

 

Me despedindo, aqui é o “temporariamente sem nick” dizendo tchau!

Abraço pros caras e um beijão nas garotas.

 

Obs: novamente, pra não fugir do padrão/plágio.

 

[ouvindo: Little Things ? Bush ]

 

 

[#0: e aí, gostaram?]

[#0: ouvindo (e cantando) Wuthering Heights do AngrA. (“Heatcliff, is me Cathy i’m so lonely now, o-o-o-oooou let me in your window, o-o-ou…”)]


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: