Publicado por: yumejin | sábado, 3 novembro 2007

O Seu Estilo Musical

Todo mundo tem seu próprio estilo musical. Algumas escolhem um cantor só, por exemplo, Frank Sinatra ou Roberto Carlos. Em geral, pessoas que tiveram uma vida mansa e gostam de ficar em casa ouvindo o som de uma voz melodiosa e uma letra romântica e doce. Claro, não se pode comparar “O Rei” ao “Blue Eyes”, e vocês sabem pra que lado a balança pesa, mas, para propósito de exemplo, eles pertencem a essa categoria mesmo.

Existem também aquelas que selecionam para si uma banda única, como Iron Maiden, Black Sabbath ou CPM 22, sendo esse último, claro, o melhor dos três. Se eu fosse uma criança de dois anos. Retardada. De qualquer forma, me distraí. Essas pessoas costumam adotar o estilo de se vestir dessa banda, suas maneiras de falar, elegem um membro como quase seu guru espiritual e, por fim, decoram cada momento sem som das gravações dela. Elas fazem de tudo pra ter um CD desses caras [ou garotas, sei lá… Pussycat Dolls é uma banda, não é?] ou um chiclete mascado por um deles. Diabos, eles são deuses!

Há também o tipo eclético monoverso ou multiversal. O eclético monoverso, e note que isso que vou falar não é um paradoxo nem um oxinomoro, é aquele que ouve todo tipo de coisa dentro de um só estilo. Pode ser Death Metal, White Metal, Black Metal… err… não sei mais nenhum tipo de Metal, mas tudo isso aí… forró, axé, lambada, tango ou até gospel. Só dá isso, mas qualquer coisa disso. Desde aquele famoso que apareceu na super-mega-ultra MTV! Brasil! [grandes merda…] ou aquele artista local, ele conhece, sabe pelo menos duas letras e ainda sabe arranhar alguma coisa no violão [sempre o violão].

Em contrapartida, o eclético multiversal, como você pode ter deduzido, isso ou você talvez seja realmente fã do CPM 22, da Avril e do NX Zero, é aquele que gosta de vários estilos, entendendo razoavelmente de três ou quatro e com conhecimentos aceitáveis em uma dezena mais [ou dúzia, se você for inglês e medir o comprimento da sua televisão com pés e polegadas, troço idiota… pés e polegadas? Sério? Não dava pra pelo menos usar um membro só, o braço ou a perna? Não, isso seria preconceito… por que não mede em orelhas também?]. Esse talvez seja o tipo mais comum, pessoas que não se “dedicam” a nenhuma espécie, mas passeiam por várias.

Claro, não existe o verdadeiro eclético, aquele capaz de apreciar todos os tipos de música, sem qualquer exceção. Se existir, quero ser uma mula verde, que é o símbolo da MPO. Tá, é um cachorro, mas eu achava que era uma mula, pode ser?

E aonde eu quero chegar com isso? Que todos podem estufar o peito e gritar “Sertanejo é uma merda!” Tá, não é isso, mas não condeno ninguém se o fizer.

É que, como verdadeiro adepto da lógica e da ciência, não consigo entender o que leva uma pessoa a gostar de coisas que acredito serem abomináveis [barulheira do inferno…] e repudiarem grandes clássicos [fala mal do Chico, fala…]. Simplesmente, não faz sentido! Não tem lógica. Nem o fator ah-tudo-depende-de-como-a-pessoa-foi-criada-e-não-tem-melhor-nem-pior-apenas-diferente-e-somos-todos-irmãos se aplica aqui. Talvez no caso dos serial killers, mas não nesse. Se alguém conseguir me explicar isso, prometo que minha vida terá mais sentido. Ou não, também. O Chico vai continuar sendo o Chico mesmo…

Anúncios

Responses

  1. Prog Metal, Power Metal, Tech Metal, Speed Metal, Thrash Metal (do verbo, não de “Trash”), Symphonic Metal, Viking Metal, Pagan Metal, NWOBM, New Metal, Nú Metal, Celtic Metal, Flok Metal, Irish Metal, Industrial Metal, Math Metal, Poser Metal, Finnish Metal, Fairy Metal, Doom Metal, Epic Metal, Hero Metal “a capella”, Heavy Metal…

    Fora os estilos híbridos

    Ah, e Chico Buarque é supervalorizado!

  2. E ai! yumejin Beleza!
    Olha só muito interesante o que você disse sobre eclético monoverso, multiversal nunca tinha ouvido falar. Na minha opnião é ruim mesmo as pessoas serem fanaticas por algum artistas, o que devemos fazer mesmo é gostar e não adorar. Acredito que a pessoa se identificando com um desses estilos já está bom, para mim o indíviduo tem que adotar o estilo mas ser difencial na maneira que o curte e segue “de um jeito que só ele consegue fazer sabe!!!”‘
    É isso valeu pela chance de comentar!
    Feliz Natal e ano Novo. (Postado em 2008)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: