Publicado por: Mr.Balboa | segunda-feira, 14 julho 2008

Capítulos 2 e 3

Este é o capítulo anterior:

https://quodlibetarios.wordpress.com/2008/05/30/capitulo-1-recebendo-transmissao/

CAPÍTULO 2 – 1ª Carta de Hilai

Vocês não me conhecem. Eu sou o criador desses poderes. Eu escolhi as pedras por um motivo. Os animais são do signo chinês mesmo e escolhi…bom não vou entregar tudo para vocês…Nunca foi uma brincadeira…Não fiz isso que fiz sem uma motivação…Não vou fazer nenhuma profecia, mas espero que um dia alguém me entenda…

Pérola – Dragão
Ambar – Tigre
Rubi – Javali
Jade – Serpente
Ametista – Cavalo
Diamante – Coelho
Cristal – Carneiro
Quartzo Negro – Macaco
Onix – Boi
Safira – Cachorro
Pedra Lua – Galo
Granada – Rato

Essas foram as pedras que me chamaram mais atenção na época que eu fiz o que eu fiz. Que façam bom proveito.
Ah sim…provavelmente eu vou deixar mais cartas…divirtam-se
Hilai

Um sorriso apareceu no rosto do garoto moreno. O cabelo curto deixava os olhos cor de mel brilharem com a luz da vela. Era a cara de uma criança que acabava de ganhar um presente de Natal. De trás dele uma voz feminina:

– Daniel…é isso mesmo… – com uma voz miada.
– É sim Sally…é isso mesmo – agarrando a menina pela cintura e dando um beijo nela.

Os dois saíram de um grande salão e depois saíram de um grande mausoléu e do lado de fora estavam mais duas pessoas.

– E então, mais uma companheira para a sua pulseira Daniel? – perguntou um garoto baixo
– Não…melhor…a carta de Hilai – respondeu com um sorriso no rosto.
– Ótimo, agora nós sabemos as 11 pedras que faltam.

Os quatro saíram do cemitério com muita felicidade e tranquilidade.

CAPÍTULO 3 – Informações não Confirmadas


Andando rapidamente Daniel, Sally e os outros dois saíram rapidamente e chegaram até uma hospedaria. Passaram rapidamente pelo hall de entrada e fpram até o quarto onde estavam. Encima das 3 camas e do sofá que tinha naquele quarto havia muitos livros e muitos pergaminhos e muitas anotações.

– Bom…com esse que esse relatório do próprio Hilai, agora sabemos a que se referem as nossas duas pedras – disse Daniel se sentando num canto de uma das camas.
– Mas não sabemos o por que dos objetos…Por que temos a ambar na sua pulseira e ametista no meu colar? – questionou Sally.
– Na verdade…isso é apenas um palpite por hora…Se eu tivesse que ter algumas pedras poderosas e quisesse disfarçá-las eu iria por em jóias. Ou em algum objeto. Já descobrimos que a sua pedra permite desacelerar o tempo para você, além de identificar algum objeto quando você quer…Agora eu ainda não sei para que serve a minha pedra…De qualquer forma nós vamos ter que ir até a cidade de Galbart para conseguir mais informações. Acho que a pérola, a pedra lua e a safira estão lá. Provavelmente não expostas…mas essas são as que mais escuto falar que estão lá… – parando para pensar um pouco.
– Mas e as outras pedras…você sabe onde elas estão? – perguntou a outra menina que estava no quarto.
– Na verdade tenho informações não confirmadas Li. O coelho e o javali estão desaparecidas. Ninguém sabe onde ou o que elas fazem…Isso quer dizer que está com alguém que sabe o que elas são – falando um pouco baixo como se falasse para si – Bom…retomando, o rato, a serpente e o macaco já foram algumas vezes ligados com um grupo chamado de Zwölf…doze em alemão. O carneiro está com o meu mestre Shih Liu e o boi está fora dessas regiões…acho que levaram para o norte…mas isso são apenas informações não confimardas…
– E quem são esses Zwölf? – disse a garota dos cabelos dourados.
– Lilly…eles são assassinos. – com a voz temerosa ante a reação das garotas que não poderia ser diferente do choque. – Lilly…eu te avisei que entrar para a Marinha Real não seria fácil e que o bizarro iria se apresentar toda hora…
– Assassinos…Assassinos? Mas eu só tenho 18 anos…Eu não estou pronta para isso…Eu sou muito nova para m…
– Não diga tal asneirice Li!!!! – vociferou um rapaz baixo e de cabelos escuros.
– É isso mesmo Li. O Edwin está certo. Não vai nos acontecer nada. Nossa missão é apenas conseguir as informações…nem precismaos dizer que temos duas pedras. – Sally tentando animá-la.
– É o que eles disseram. Na verdade a Marinha Real só não quer que mais mercadores negros tenham poderes. – disse Daniel tentando ajudar, mas a garota estava estática.
Olhando ao redor viu uma carta na frente de sua janela. A pegou e leu em silêncio. Agora quem estava pálido era Daniel:
– Que foi Daniel? – perguntou Edwin.
– Eles estão indo pra Galbart também…
– Eles quem? – vindo do outro lado a voz de Lilly surgiu.
Zwölf

Anúncios

Responses

  1. adorei por isso mandem mas menssagens dessas


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: