Publicado por: yumejin | sexta-feira, 15 agosto 2008

As Olimpíadas, os Direitos Humanos, a Wikipedia, a Rússia, a Geórgia, a Abecásia, a Ossétia do Sul, a Soberania Nacional, as Farc e Hugo Chávez

É um longo título, eu concordo. Ele ilustra a corrente do meu pensamento e das minhas ações no dia 08 de agosto da semana passada. Talvez você não saiba que diabos são alguns deles, mas eu vou tentar explicar da melhor forma que conseguir. Guerras não fazem sentido.

De manhã, eu assisti à abertura dos Jogos da XXIX Olimpíada, que estão sendo realizado na cidade de Pequim, capital da vasta China. Só vi por alguns minutos, mas estava tudo muito bonito, uma mistura de tecnologia e tradição, como costuma ser nesses eventos. Pela tarde, lendo os jornais nas bancas, vi algumas manchetes de grupos protestando contra o governo chinês, cuja posição de ignorar os direitos humanos é mais conhecida do que o gosto por álcool do nosso chefe de governo e cujo controle sobre o Tibete se estende por meio século.

Resolvi, à noite, entrar na Wikipedia e ler um pouco sobre os Jogos. Fui surpreendido pela notícia de que uma guerra se iniciara no leste europeu – a Ossétia do Sul, apoiada pela Rússia, estava sendo invadida por tropas da Geórgia.

“Mas que diabos?”, lembro de ter pensado, “Ossétia do Sul? Isso não é um país.”. Realmente, não é. É uma província autônoma da Geórgia. Parece que elas existem aos montes – províncias autônomas, não províncias autônomas na Geórgia. Resolvi ler o artigo sobre a guerra, cujo quadro lateral, incluindo comandantes e força dos beligerantes é muito instrutivo, e descobri que outra parte da Geória tava apoiando a Ossétia do Sul – a Abecásia.

Não faço a menor idéia de onde tiram esses nomes, mas que seja. Parece que a Ossétia do Sul sempre quis ser independente da Geórgia, assim como a Abecásia. Esses países do leste europeu que não passam de territórios divididos por povos de várias etnias sem qualquer senso de unidade têm uma tendência muito grande de se fragmentarem de forma explosiva, eu diria. Então, a Rússia, aproveitando o balaio de gato e querendo dar uma de esperta, resolveu oferecer passaportes – e dupla cidadania – para o povo de lá. Resultado: 90% dos habitantes têm cidadania russa. E o que é que a Federação Russa ganha com isso? O “direito” de intervir caso alguma coisa aconteça. Uma guerra, por exemplo. São seus cidadãos, afinal.

A história que já tava feia desde a Revolução das Rosas ficou pior quando a Geórgia teimou que queria acabar com a independência de facto da nação não-reconhecida, a Ossétia do Sul. Assim que as tropas invasoras chegaram, os alarmes soaram em Moscou e o sangue jorrou pelas montanhas. A Abecásia resolveu apoiar a Ossétia do Sul, mas acho que só não levou a pior em relação à ajudada: foi bombardeada pela Geórgia E pela Rússia. Não faço a menor idéia do porquê.

Uma coisa que achei muito estranho foi que, a bem da verdade, a Geórgia não deveria ter direito de reclamar da Rússia estar se metendo em seus assuntos internos e ameaçando sua soberania nacional? Afinal de contas, a Ossétia do Sul, mal ou bem, faz parte do território dela. Não que eu esteja defendendo o lado dela na guerra, acho que ninguém tá certo aí, mas intervenção em território estrangeiro atrás das Farc foi o mesmo motivo pelo qual Hugo Chávez chiou e esperneou atrás de Álvaro Uribe. E olha que isso aconteceu no Equador, nem na Venezuela foi…

Acho que a conclusão é uma só: guerras não fazem sentido.

Anúncios

Responses

  1. Guerras fazem sentido.

    As pessoas é que não fazem.

    O problema é que as pessoas é que normalmente fazem as guerras…

  2. as guerras são coisas idiotas feitas por pessoas idiotas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: