Publicado por: Mr.Balboa | quarta-feira, 15 outubro 2008

1º) Brasil e 2º) Time do Coração ou 1º) Time do Coração e 2º)Brasil ?

Eu estou neste blog tem algum tempo e ainda não escrevi nada sobre futebol. Uma lástima.Nessa quarta-feira (dia 15-10, também conhecido como dia do mestre), será realizado uma partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 entre Brasil e Colômbia. Diferente do erro cometido a um mês atrás, o preço do ingresso está acessível (não quer dizer que esteja barato). Porém, eu não sinto nem um pouco de vontade de ir lá.Por que será?

Um dia eu estava lendo um dos vários blogs esportivos que eu visito e li um comentarista falando que prefere muito mais o bom e velho Brasileirão do que assistir uma partida da Seleção da CBF. Como o meu time está lutando contra o rebaixamento, isso fez lógica, mas não faria para um torcedor do galo mineiro. Ou faria?
Os jogadores que normalmente compõe a seleção brasileira não atuam nos campeonatos locais, o que torna a relação com o torcedor um pouco fria. Não estou dizendo que os jogadores não tenham o direito de ir para Europa jogar contra os melhores do mundo além de ganhar muito dinheiro. O que estou falando é que isso é um preço a se pagar pela sua escolha. Além disso, o atual treinador da seleção é um homem mal-humorado e que parece sempre estar lambendo limão (se você nunca fez isso, faça um dia e entenda o que eu estou falando). Acho que o maior problema é a falta de experiência é evidente nesse caso. Não consegue lidar de maneira correta com os jornalistas, peca em alguns aspectos táticos além de realizar treinamentos não-eficientes quando tem o time a sua disposição.

Outra culpada nesse caso é a CBF, na pessoa de Ricardo Teixeira. Esse senhor conseguiu transformar a entidade máxima do futebol brasileiro em algo arrogante e afastada dos torcedores. Para entender o quão impopular ele é, basta ver uma pesquisa que a Time(ou um jornal estadounidense) estava fazendo entre os “managers” mais importantes do mundo. Antes dessa pesquisa cair nos blogs brasileiros, Ricardo Teixeira até conseguia estar no meio da tabela, mas depois que blogueiros e internautas brasileiros descobriram a tal pesquisa…foi triste. Foi vexatoŕio. Direto para a última posição com direito a estar 13 PONTOS atrás do penúltimo (é muito distante).

Mas se a seleção canarinha é “a pátria de chuteiras” como é que ela não consegue nos emocionar mais que os nossos times?
Duas explicações na minha concepção:
1ª) A seleção está banalizada pelos motivos apresentados acima e por outros mais;

2ª) Porque o time do coração você está “presente” no dia-a-dia deles. Você sabe como e onde eles estão treinando. Você assiste o jogo (pode ser pela TV ou ao vivo) e reage ao que está acontecendo. Pode ser por gritos histéricos, xingamentos completamente sem sentido, pode ser ficando animado ao assistir uma jogada.

Eu fiz um exercício para tentar escolher qual foi o momento mais emocionante que eu vivi ligado ao futebol. Não deu outra. Momentos ligado ao Fluminense.
E pensando bem, com quem vocês acham que o sangue corre mais, ou que o coração bate mais forte? É com o Robinho, Adriano, Gilberto Silva e Lúcio? Ou seria com Washington, Obina, Rogério Ceni e Alex Mineiro?

Atualmente, vem Fluminense em primeiro e seleção brasileira em segundo.

Anúncios

Responses

  1. “Foi vexatoŕio” Acho que vejo um r com acento!

    E faz muito tempo que jogo da seleção brasileira deixou de ser evento pra mim. Não que eu fosse muito ligado ao futebol, você sabe que nunca tive essa afinidade, mas ainda assim era coisa digna de nota, de saber se a partida era válida para alguma coisa importante, de perguntar ocasionalmente quanto tá o jogo.

    Agora, nem no dia seguinte tenho qualquer interesse em olhar a capa do Lance! pra descobrir se o Brasil ganhou de Andorra, perdeu da Venezuela ou empatou com a Bolívia. Eu falei desde o primeiro instante que o Dunga não era boa coisa pra seleção, embora ele realmente não seja culpado por tudo.

    Não é como se essa apatia fizesse grande diferença. É só que na Copa de 2010, terei menos vontade de ver Brasil do que assistir algo no nível de Argentina e Alemanha em 2006.

  2. Nunca Lúcio. Jamais Lúcio.

  3. Copas são arranjadas. Jogador que vai pra Europa toma QUILOS de anabolizantes. Se ser treinador fosse fácil, teria concurso público.

    WELCOME TO THE JUNGLE BABY, YOU’LL GONNA DIIIIIIIIIE

    Bem vindo a realidade amigo da rede bobo…

    O torcedo de futebol parou no tempo. Olha demais pro campo e esquece de olhar pro mundo que tá em volta desse mesmo campo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: