Publicado por: RedClyde | terça-feira, 28 outubro 2008

NaNoWriMo

Novembro, o NaNoWriMo, está chegando!

NaNoWriMo (National Novel Writing Month) é uma das idéias mais loucas que existe, mas também uma das mais intrigantes. Basicamente consiste em escrever um livro de ficção de pelo menos 50,000 palavras, de primeiro de novembro a trinta de novembro. Isso dá uma média de ~1666 palavras por dia, ou seja, um pouco mais do que três vezes esse meu post. (Não precisa necessariamente terminar o livro em 50,000 palavras, e pode começar a planejar a história antes.)

Por quê novembro? Simples. Porque o primeiro NaNoWriMo, que foi apenas uma brincadeira entre amigos, foi em novembro. A coisa foi crescendo e crescendo, e esse ano, na sua décima incarnação, conta com milhares de escritores loucos do mundo todo.

Há algum prêmio? Bem, do site vem:

If you write 50,000 words of fiction by midnight, local time, November 30th, you can upload your novel for official verification, and be added to our hallowed Winner’s Page and receive a handsome winner’s certificate and web badge.

Então, não, você não vai ganhar um prêmio em dinheiro nem nada. Se você acha que esses prêmios aí em cima não valem nem um pouco a pena pelo esforço, então NaNoWriMo não é para você. Quem gosta de escrever percebe que o prêmio verdadeiro é a diversão de escrever, e de saber que há outros loucos no mundo todo participando, todos se acabando para alcançar o mesmo objetivo. (E no fim do mês, ler as criações das mentes dos outros é no mínimo interessante.)

Retiro outra frase do site, que resume tudo:

Win or lose, you rock for even trying.

Exato. Você se cadastrou mas chegou no meio de novembro já esgotado, e no fim das contas só conseguiu escrever 15,000? E daí? Quantas palavras acha que teria escrito se não tivesse participado? Menos que 15,000, eu apostaria.

Para as pessoas que gostam de escrever mas nunca param para fazê-lo (como eu), NaNoWriMo é uma ótima desculpa para botar a metafórica caneta no metafórico papel, sem qualquer preocupação sobre a qualidade. A idéia aqui é escrever, e não ficar revisando. Se o livro sair uma merda no fim das contas, e daí? O próximo que escrever vai ser melhor, e assim por diante.

NaNoWriMo também é um exercício de organização de tempo e de determinação. E mesmo sem alcançar o cobiçado 50,000, a semente do hábito de escrever talvez seja plantado. Como diz o outro, ‘A jornada de mil milhas começa com um passo.’

Todo ano eu fico tentado a participar. Eu gosto de escrever histórias, mas nunca sento e escrevo; não consigo manter um hábito regular de escrever (embora eu até esteja melhorando um pouco em função do blog). Acho que esse é outro ano que vai passar em branco, pois acho que tenho pouco horário. Mas quem sabe eu não faça um mini-NaNoWriMo só para mim mesmo, com um objetivo menor de palavras por dia, ou escrever um certo número de dias da semana…

Eu lhes inflijo o resultado, dependendo do que sair. >.>

Anúncios

Responses

  1. já tinha ouvido falar disso, é interessante, mas nunca li os resultados. quem sabe os desse ano?

    novembro é um mês bem complicado, acho, pra gente escrever. é fim de período na faculdade e quem sabe eu não ultrapasso esse número de palavras só nos trabalhos de conclusão?

    mas acho que quando todos estivermos de férias, podíamos propor o desafio em uma semana, pro pessoal aqui do blog e quem mais quiser, com menos palavras, é claro. o que acham?

  2. Eu acho que me senti muito tentado a alcançar as 50k (isso mesmo? Minha memória a curto prazo é muito ruim) de palavras. Me senti DESAFIADO e aqueles que gostam de desafios sabem como isso é complicado pra se lidar… me senti TÃO desafiado que comentei o post ainda no Rio (parabéns Renato, nem o yumejin consegue essa).

    Acho que nós quodlibetários deveríamos entrar no desafio pelo mês inteiro mesmo e tentar ir o mais longe que conseguir. E depois trocar entre nós o resultado, nos comprometendo a ler uns os dos outros. Lembra um pouco o episódio em que Mary Shelley criou o Frakenstein…

    Topam? Não vale usar material pronto, eu não usarei meu Noir e vcs tb n usam nada que já exista, sob pena de padecer sob o próprio olhar de desaprovação :P

    Qualquer coisa, nos falamos no msn essa semana e definimos melhor as regras.

  3. Bem, não sei se deu para perceber, mas esse post foi mais eu tentando me convencer do que qualquer outra coisa. XD

    Eu já até bolei um enredinho, faltando só os nomes de personagens e lugares e tal (coisa que sou péssimo). Mas acho que vou tentar esse ano, sim. Eu topo.

  4. Mas pra enviar pro site tem que ser em inglês, né? Como vai ser uma coisa nossa, acho que português tá bom. -TCZ-, fala com o Melquíades. O Mr. Balboa já leu aqui. Então, Renato, we’re up to a challenge!

  5. Claro que não. O contador de palavras do site não está nem aí pra língua que você tá usando, e você não precisa ‘enviar’ a história pra ninguém se não quiser.

    Apesar do nome, a coisa é internacional, gente. Quando você se cadastra, você pode escolher sua região dentre várias do mundo todo, e as palavras que você escrever contam para o total global e para o total da sua região.

    Eu me cadastrei no site… Oh, what have I done? ._.

  6. tá… tá… já que todo mundo ignorou minha sugestão, eu aceito o desafio, sabendo que será posto em segundo lugar, mas aceito.

  7. Podemos fazer sua idéia também quando tivermos de férias, Moon. Nada impede.

  8. Renato, sua tentativa de não parecer imaginário usando expressões comuns [“gente”, “filha”] não vai dar certo…

    De qualquer forma, resolvi me inscrever também. [O site do NaNoWriMo tá sobrecarregado, aliás] Vai ser um ótimo desafio. Só que… eu não tenho a menor idéia sobre o quê vou escrever! Não tenho personagem, mundo, história, tema, título, nada…

    Por último: “Do not edit as you go. Editing is for December. ”

    Estou empolgado, Renato-i.

    PS: Moon, talvez você se interesse nisso aqui: http://www.scriptfrenzy.org/

  9. […] quem leu os comentários do post onde falei sobre NaNoWriMo sabe que esse ano estou participando. Hoje foi o primeiro dia, e já me diverti bastante. Mas se as […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: