Publicado por: - TCZ - | quinta-feira, 12 março 2009

Watchmen – crítica

I’ve watched the watchmen.

É garotada boa, eu assisti Watchmen e digo: não gostei. A revelia dessa verdadeira correnteza de boas impressões sobre o filme, de cambalhotas e fogos de artifício, eu digo que no final o filme me deixou com uma pergunta na cabeça quando as luzes se acenderam: What I’ve Watched?

Watching the Watchmen

É isso. O Deus Serpente venceu, quando fez o seu servo fiel, Alan Moore escrever obras praticamente inadaptáveis em outras mídias. O nível de profundidade das camadas de informação que Moore imprimiu nas páginas das HQs é impressionante, eu mesmo acho que mais umas duas ou três e teremos a realidade tal qual a conhecemos em se falando de SOLIDEZ ¬¬  As referências cruzadas que fazem referências a outras coisas que se apegam ao nosso mundo real e catapultam a realidade da 1985 de Watchmen são virtualmente suficientes para determinar que, a melhor adaptação de Watchmen seria possível apenas caso pudéssemos realizar a HQ através de métodos ainda desconhecidos pelo homem.

O que eu quero dizer com isso.

Zack (que eu pronuncio Jack, deal with that) Snyder fez um filme Will Smith: quando você tenta fazer duas coisas diferentes ao mesmo tempo, das duas uma – ou você foca em uma delas ou então não foca em nada e decide ficar no meio. Quando você faz isso, acaba perdendo a objetividade e falando de coisa alguma. Não atinge objetivo nenhum e morre na praia. Vejam o Will Smith por exemplo: o cara é Rapper e é Ator (“é/era”, apesar de hoje ele ser apenas ator, ele decidiu por isso como resultado do “Dilema de Will Smith”). Quando ele foca muito em ser rapper ele acaba sendo um mau ator, e quando faz o contrário tudo se inverte – motivo pelo qual você não vê mais o cara fazendo discos de rap por ai, pelo menos não fazendo sucesso DE VERDADE (e olha, se você for um fanboy de Will Smith foi mal, mas eu dei o exemplo e eu acho que dá pra pegar a idéia. Agora fecha esse naevgador e vai escutar WILLENIUM e me deixa em paz ok?) E quando ele fez as duas coisas ao mesmo tempo… bem, todo mundo viu “UAUAUEST!” né?

Então, o “Visionário” Snyddy pecou NISSO. Ele ficou preso entre 1 – Fazer um Filme e 2 – Adaptar o quadrinho. Quando buscou o seu 1,5 ele acabou conseguindo, pra mim, um grande 0. Muitos números, mas o fato é: Zack Snyder fez um filme que, se você olhar como filme é confuso, cheio de referências truncadas (o filme é em 85 mas o Veidt o tempo todo levanta bandeiras da década de 90/00’s como preservação ambiental e questão dos combustíveis fósseis), com atores que tem atuações sofríveis (Ozymandias-léo-áquila essa é pra você )(Aliás ele tem uma mania escrota de avacalhar os vilões da história… um trauma será? Porque ultimamente ele anda  transformando os vilões em bichonas! Um trauma CERTAMENTE!)(Ah você não sabia que o Ozzy era um vilão? Ooooooh, dei um Spoiler foi?? E me diz que tipo de pessoa é você que lê uma crítica sem esperar Spoilers? E além do mais, você vai ver Watchmen/pretende ver SEM TER LIDO O QUADRINHO??? SAI DAQUI SEU NOJENTO!!!)(Update: o caderoger me disse por gTalk uma coisa MUITO reveladora. Assistindo o filme em casa ele notou que no computador do Veidt tem um folder com o nome “BOYS” HAUHAUAHAUAH OK Snyder subiu um pontinho no meu conceito)

a prova do crime

a prova do crime

e muito sloooooooooooooo moooooooooootion e excessos realmente dispensáveis (como as cenas excessivamente GORE, seja do Manhattan transformando as pessoas em pudim, seja dos ossos quebrados na luta-ritual-do-acasalamento no beco ou seja do Roxaxa fugindo da prisão); e se você olhar como adaptação de quadrinhos vai ver que personagens foram DESTRUÍDOS (Rorschach e Ozymandias) outros ficaram insuportávelmente sem sal (Coruja II e Espectral) e outros perderam totalmente a força/graça (Dr Manhattan =/), boas cenas importantes pra trama foram perdidas (Assassinato de Hollis Mason por exemplo, mas acredito que virá no versão extendida que aliás, junto com o Tales Of The Black Freighter acho que vai ressucitar o filme aos meus olhos e acredito que até já esteja disponível para download)(Ou quem sabe eu ainda sou uma garotinha) e o final foi totalmente zoado ¬¬ (não to falando do Monstrengo, isso foi o de menos. To falando do final da Espectral I e “II – a missão” e do Corujito, vejam por si mesmos…)

[No entanto, e olhem que escrevo isto depois do “muito disto tudo” ali embaixo, eu não ODIEI o filme, absolutamente. Ele só foi FRUSTRANTE. De muitas maneiras possíveis. Ele não é isso tudo que dizem, nem o Rorschach é, que além de ter uma PÉSSIMA motivação no filme ficou MUITO parecido com o Batman do Christian Bale, inclusive na voz (Pelo menos o Rorschach a gente entende o que ele diz…) Eu achei, como eu disse, que olhando o filme, não importa muito o ponto de vista que se aborde, o resultado não é satisfatório. Eu já sabia que seria impossível obter algo TOTALMENTE fiel ao quadrinho, mas não esperava que o resultado fosse confuso e cansativo, o tom irado é mais mesmo pra todo o OverratedISMO que o filme tá recebendo]

Então, se tiverem escolha entre filme e HQ, ÓBVIO, não sejam tontos e leiam a HQ, fiquem com ela. Se quiserem ver AMBOS, vejam o filme primeiro e depois leiam, para notar o que vocês perderam. Agora, para nós pobres infelizes que tivemos a honra e o privilégio de ler Watchmen primeiro, um dos melhores e mais cultuados quadrinhos de todos os tempos , e o azar de viver para ver Zack Snyder ofender tudo pelo menos nos resta esperar a versão extendida que, promete pelo menos, consertar muito disso tudo.

É isso ai

Deus Serpente 1    X    Mundo Pop 0

ps.: e a tal polêmica cena de sexo da Espectral com o Coruja? Pois bem, ela é longa demais e desnecessária nessa extensão toda. No fim é tudo uma tentativa de mostrar mais os peitinhos e a bunda da Espectral. Não que eu esteja reclamando, longe disso… ah uma Espectral lá em casa….

pps.: não, eu não vou falar do pinto do Dr. Manhattan ¬¬

Anúncios

Responses

  1. Bom, não vi o filme e estou no meio dos quadrinhos, então não posso comprovar sua crítica ainda.
    Pois bem, uma dúvida que ficou na minha cabeça foi o Pq deste filme não ter sido feito dividido em duas partes, talvez não ajuda-se a levar todas as construções dos quadrinhos, mas aumentaria a possibilidade( mas tb o risco).
    Obviamente Watchmen fora de um circulo de fãs de quadrinhos não tem o mesmo apelo de bilheteria que as histórias mais conhecidas, mas com um bom programa de divulgação e de marketing talvez fosse possível concluí-lo em duas partes mantendo uma bilheteria razoável.
    Bom é isso, mera impressão inicial, ,fuizzzzzzz
    Ps: Poderia ser pior, lembre-se de Constantine moreno ,morando em LA

  2. sua namorada ja leu isso? -.-

  3. Não li (AINDA) a graphic novel.
    Assisto o filme geralmente ruim para depois ler o livro depois, pois sempre deixo o melhor por último.
    Queria comprar, mais vou baixar mesmo…
    Não adiantam reclamar os fãs da verdadeira obra prima, desde o começo sabiam que nunca iria sair algo perfeito.
    Um filme de 2hs e 45 min. nunca vai conseguir transpor todo uma quantidade de diálogos de um HQ..nunca mesmo…
    O que podem é colocar as cenas certas..
    Nem o efeito especial que geralmente é forçado achei que ficou na medida certa…(homem-aranha 3 é um horror)….
    As vistas de um intermediário como eu o filme soou bom…vou ver mais algumas vezes junto com a leitura.
    Para o leigo deve ter ficado ótimo.
    Queria ver a verdadeira intensidade do Rorschach…
    A Espectral II é linda…isso pelo menos o filme deve ter se saído melhor…

    No final valeu…

  4. Eu concordo completamente que a cena de sexo entre o Coruja e a Espectral ficou longa demais… deu até uma sensação de constrangimento…

    E eu gosto de Wild Wild West, oras.

    Sobre o filme em si: eu acho que quem leu os quadrinhos gosta muito mais do que quem não leu. Fiquei na dúvida se aquela sequência muito legal do início serviu como explicação decente para os não-iniciados na obra.

    As bandeiras levantadas pelo Ozymandias me parecem lógicas – ele é, afinal, o homem mais inteligente do mundo e consegue tirar conclusões assistindo a várias tevês ao mesmo tempo. Alguns pensadores político-econômicos já vinham alertando em relação ao uso de combustíveis fósseis no final da década de 1980. Ele só adiantou o processo em, digamos, 5 anos, o que me parece razoável.

    A parte mais bizarramente modificada para mim foi o final do Dr. Manhattan + Espectral II + Coruja II. A versão dos quadrinhos, pra mim, foi muito melhor, inclusive porque, paradoxalmente, a destruição no filme ficou muito sanitarizada em relação à original.

    No fim, como leitor dos quadrinhos, eu daria nota 8. Como leigo, talvez desse 6 ou 5.

  5. E a Silk Spectre botando fogo na toca do Coruja, ao menos nos quadrinhos tinha uma lógica pra isso, no filme ela foi simplesmente burra demais, sacanagem… Cortar a cena do Hollis Mason foi pior… Concordo que seria impossível uma adaptação “Fiel”, mas esperava mais, o final foi escrito tirando no palitinho?

  6. PUTAQUEOSPA! Todas as críticas babando um ovo federal nesse filme. Pra não dizer que eu sou chata, vi 2 vezes pra ter certeza que era um lixo. Eu concordo com vc, quem quer fazer festa pra todo mundo, não faz festa pra ninguém! Ou bem tentava traduzir a GN e fooda-se o Blockbuster ou pegava só o mote e fizesse uma história bacana. O melhor do Watchmen foram os teasers no youtube.

    Vou ler a revista q eu ganho mais!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: