Publicado por: Ehrrieff, o Nobre | segunda-feira, 13 julho 2009

Um Trecho de Conto que Escrevi Bêbado e….

…encontrei ao revirar meu HD em busca de algo pra publicar aqui. Me pareceu razoável e decidi reescrevê-lo (agora sóbrio) e publicá-lo.  Ah… se não tiver nada melhor pra fazer…. poderia… huh… ler? ….Por favor? Ah, sim, obrigado, de qualquer forma, pela atenção…

xxx

PRÓLOGO:

Em um tempo acerca do qual não se sabe ao certo sequer se existiu mesmo, (Fala-se que ocorreu antes do deus Tempo ser morto e ter seu cadáver ressuscitado como uma máquina-zumbi pelo Homem) contava-se uma lenda meio idiota.

Ela tratava de um certo homem que, devido a um erro burocrático das divindades locais (alguém, talvez um estagiário mal pago, havia digitado errado o seu nome) acabou por não receber um destino. E, sem um destino, sua existência passou, sem querer, a ameaçar toda a trama da Divindade Maior local para aquele pequeno e desgastado universo…

CAPÍTULO 0,2: Uma inscrição pichada no muro do fim do mundo


Senhor das coisas que perderam o valor, Segundo-dos-Três (aquele que é se, e somente, se, nenhum mais for), forma decaída.

A Besta [quebrada].

Esta vem a ser, ou melhor, dá-se a conhecer no período conhecido como a Metástase do Homem, com a derrota do avatar humano do Segundo-dos-Três no território da Borda da Realidade.

Tal criatura é a manifestação física da falha do Segundo-dos-Três em libertar-se de sua humanidade seguindo pelo caminho da Besta; seu surgimento, assim como todos os eventos que daí se seguem, não é senão uma das muitas versões dessa história…”


Meta lia o texto inscrito no panfleto que recebeu na entrada do metrô, e estranhava o bizarro texto impresso no papel jornal.  Sempre tivera o hábito de pegar esses papeizinhos por um medo paranóico dos entregadores de panfletos de rua marcarem sua cara e se vingarem dele ou algo assim; e costumava lê-los receando que talvez o tal folheto pudesse apresentar realmente uma oferta que lhe fosse útil. Afinal, nunca se sabe, nunca se sabe.

(….)

xxx

Continua (possivelmente) no próximo episódio!

Por hoje é só, amiguinhos….

Anúncios

Responses

  1. Isso foi um Teaser? Pareceu…

    Anyway, “Meta” foi meio auto-referente não?

    Gostei mesmo sendo muito pouquinho, espero pelos caps seguintes.

  2. Abusou da estratégia de escrever pouco pra ser lido por completo. Põe mais disso aí!

  3. Muito bom!
    Me amarrei sèriamente.

  4. demorei, mas finalmente um comentário meu aqui!
    Êê, 4 comentários!!
    :p

    Mas então… bem que você disse que era curto, mas não achei que era TANTO o.o
    “Abusou da estratégia de escrever pouco pra ser lido por completo”. Concordo u.u
    mas gostei do texto, sério… só que ainda é muito introdução… se você continuar a escrever fica melhor =)
    ainda mais que agora tem uma nova inspiração na sua vida :p

    Carol o/

  5. Eu gostei.

  6. Eu gostei muito da maneira como você escreve… estou esperando ansiosa pra saber como continua.

    “…se você continuar a escrever fica melhor =)
    ainda mais que agora tem uma nova inspiração na sua vida :p”
    Que será que ela quis dizer???


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: